FacebookTwitteryoutubeSlideshareAPP
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:

DESTAQUES

Sede da APFF - Porto da Figueira da Foz

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #3

Sobrevoando o Porto da Figueira da Foz #2

Porto da Figueira da Foz em movimento #1

Porto da Figueira da Foz em movimento #2

Porto da Figueira da Foz #Crepúsculo [VÍDEO-FOTO]

Inauguração do Prolongamento do Molhe Norte do Porto da Figueira da Foz (5)

Regata dos Portos do Centro 2011 - Figueira da Foz (2)

Assinatura do contrato de concessão dos Estaleiros Navais do Mondego - José Luís Cacho

Dia Mundial do Mar na Figueira da Foz - 2010 (6)


METEO
Tempo Figueira da Foz
TWITTER
LINKS




FOTOS

 «Sta. Maria Manuela» na Figueira da Foz

«Sta. Maria Manuela» na Figueira da Foz
SLIDESHOW
NO PORTO DA FIGUEIRA DA FOZ, DE 10 A 14 DE OUTUBRO Veleiro promove produtos agrícolas ultraperiféricos

A marina da Figueira da Foz recebe, de quinta a segunda-feira, o navio francês “Marité”, que participa num projecto de promoção dos produtos agrícolas das Regiões Ultraperiféricas da União Europeia (UE).
A Figueira da Foz vai acolher a última de 18 escalas do veleiro histórico francês de três mastros, levadas a cabo no âmbito da campanha “O Símbolo das Regiões Ultraperiféricas Nasce Sob as Estrelas da Sorte”, ao abrigo de um programa europeu que visa dar mais notoriedade e aumentar o conhecimento dos produtos agrícolas das Regiões Ultraperiféricas e do símbolo que garante a sua origem e qualidade europeia.

FIGUEIRA DA FOZ Batel regressa ao Mondego carregado de sal e tradição

O batel "Sal do Mondego" foi reparado pela câmara ejá navega no rio que lhe dá o nome. A recuperação da réplica da embarcação típica de transporte de sal da Figueira da Foz aconteceu pelo interesse manifestado pela Junta de Vila Verde, que vai utilizar o barco para passeios turísticos e pedagógicos, em articulação com o Núcleo Museológico do Sal, em Armazéns de Lavos.

ATÉ 28 DE SETEMBRO, NA PRAÇA DO FORTE Inaugurada a «FigueiraSea - Sustainable Expo Alliance»

A primeira edição da «FigueiraSea - Sustainable Expo Alliance», foi inaugurada esta quarta-feira. A cerimónia de inauguração contou com a presença de todos os membros do Conselho de Administração do Porto da Figueira da Foz (APFF, S.A.), liderado por Fátima Lopes Alves, acompanhados da Direcção da Comunidade Portuária da Figueira da Foz (CPFF).
Recorde-se que, numa participação colaborativa, a APFF e a CPFF estão presentes no certame um stand institucional.

Novo Capitão do Porto da Figueira da Foz tomou posse

O novo Capitão do Porto da Figueira da Foz, Severino Lourenço, tomou posse. A cerimónia realizou-se na Casa do Paço, com a participação de militares e civis, entre os quais autarcas dos municípios da área territorial daquela estrutura, que vai da Praia de Mira a Pedrógão. A Autoridade Marítima fez-se representar ao mais alto nível.

 

VEJA O VÍDEO | INCLUI ETAPA NOCTURNA Portos da Figueira da Foz e de Aveiro promovem curso de Sobrevivência e Resgate no Mar #2

Cientes da importância da protecção dos trabalhadores, a APA, S.A. e a APFF, S.A. encontram-se a desenvolver, desde o início de Setembro, o curso de Sobrevivência e Resgate no Mar, direccionado aos Pilotos da Barra e Tripulantes de Lanchas (Mestres, Motoristas e Marinheiros), envolvendo um total de 25 profissionais de ambos os Departamentos de Pilotagem.

Divulgamos o segundo vídeo deste curso, que inclui formação nocturna.

Porto da Figueira da Foz Parceiro da Escola Azul

O Porto da Figueira da Foz (APFF, S.A.) integra, a partir do corrente mês, a Rede de Parceiros da Escola Azul, dando assim um passo importante na concretização de um dos objectivos do Ministério do Mar, atinente à difusão da Literacia do Mar junto das camadas mais jovens.

A “Oferta Escola Azul” proporcionada pelo Porto da Figueira da Foz é bastante variada, com seis programas dirigidos a alunos dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos, também do Secundário.

Portos da Figueira da Foz e de Aveiro promovem curso de Sobrevivência e Resgate no Mar

Cientes da importância da protecção dos trabalhadores, a APA, S.A. e a APFF, S.A. encontram-se a desenvolver, desde o início de Setembro, o curso de Sobrevivência e Resgate no Mar, direccionado aos Pilotos da Barra e Tripulantes de Lanchas (Mestres, Motoristas e Marinheiros), envolvendo um total de 25 profissionais de ambos os Departamentos de Pilotagem.

AVISO Prestação de serviços de Amarração

A APA – Administração do Porto de Aveiro, S.A. vem publicitar a sua pretensão de adequar a prestação de serviços de amarração de navios, mediante o respetivo licenciamento.

Para informações complementares ou esclarecimento de dúvidas os interessados deverão contactar geral@portodeaveiro.pt.

Consulte o Aviso aqui
 

Formandos do IEFP visitam o Porto da Figueira da Foz

Um grupo de doze formandos em Técnicos de Logística, do Serviço de Formação Profissional (IEFP Coimbra) esteve de visita ao Porto da Figueira da Foz.
Os alunos percorreram demoradamente o navio porta-contentores CONMAR FJORD, com bandeira portuguesa e registo no MAR (Madeira), que escala semanalmente o porto, tendo tido oportunidade de conhecer a ponte de comando e a casa das máquinas.

VEJA ÁLBUM COM 62 FOTOS NO FLICKR Governo estuda solução «bypass» para repor areais a sul do rio Mondego

O Governo está a estudar a possibilidade de a reposição de areia na zona costeira da Figueira da Foz a sul do rio Mondego ser feita através de um sistema de bombagem permanente, revelou dia 15 o Ministro do Ambiente.
Conhecida como "bypass", esta é "uma solução mecânica que nunca foi tentada em Portugal e tem, naturalmente, de ser bem avaliada" antes de se avançar para a sua eventual aplicação, garantiu João Pedro Matos Fernandes, no final de uma visita aos trabalhos de reforço dunar na praia da Cova Gala.

VEJA ÁLBUM COM 50 FOTOS NO FLICKR Governo vai investir 38 milhões de euros no Porto da Figueira da Foz

O Governo vai investir 38 milhões de euros na melhoria das acessibilidades marítimas, infraestruturas e na segurança e operacionalidade na entrada do Porto da Figueira da Foz, sendo 19,4 ME destinados a uma intervenção que "permitirá a remoção de três milhões de metros cúbicos de dragados da zona a norte do molhe norte do porto", que irão "alimentar os troços costeiros da zona sul", revelou a Ministra do Mar.
Veja álbum com 50 registos fotográficos do evento.
 

GARANTIA DA MINISTRA DO MAR Governo vai investir 38 milhões de euros no Porto da Figueira da Foz

O Governo vai investir 38 milhões de euros na melhoria das acessibilidades marítimas, infraestruturas e na segurança e operacionalidade  na entrada do Porto da Figueira da Foz, sendo 19,4 ME destinados a uma intervenção que "permitirá a remoção de três milhões de metros cúbicos de dragados da zona a norte do molhe norte do porto", que irão "alimentar os troços costeiros da zona sul", revelou a Ministra do Mar, este sábado.
Ana Paula Vitorino fez estas declarações no final de uma visita aos trabalhos de reforço dunar na praia da Cova Gala, deslocação que contou também com a presença do Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA Ligação ferroviária ao Porto da Figueira da Foz

O actual acesso ferroviário ao Porto Comercial da Figueira da Foz, o primeiro da Região Centro e um dos três primeiros do paÍs, foi inaugurado no início da década de 2000. Não se tratou de uma novidade absoluta, uma vez que a infraestrutura portuária figueirense já utilizara o comboio como meio de transporte de mercadorias no início do século XX.

Porto da Figueira da Foz: A porta de entrada para uma região de tradição turística

Assumindo-se como um porto de importância regional que serve o Centro do país, o Porto da Figueira da Foz pode receber navios de cruzeiro de pequeno porte e conta com uma marina com 350 postos de amarração.
É, sem dúvida, uma das portas de entrada para uma cidade com forte tradição e vocação para o turismo. Situando-se na foz do Rio Mondego, e contando com infra-estruturas ligadas ao setor turístico – a marina e o porto comercial – o Porto da Figueira da Foz encontra-se bem dotado dos serviços essenciais para movimentar e receber todo o tipo de navios.

ESPECTACULARES FILMAGENS COM DRONE Navio de cruzeiros «Corinthian» partindo da Figueira da Foz

Filmagens aéreas da partida do navio de cruzeiros «Corinthian», a 3 de Outubro, do Porto da Figueira da Foz. O navio de cruzeiros «Corinthian» escalou o Porto da Figueira da Foz vindo de Leixões, cumprindo mais uma etapa de viagem iniciada em Bordéus.

FUNDADO EM 1895 Ginásio Clube Figueirense

Fundado a 1 de Janeiro de 1895, é o sexto clube mais antigo de Portugal. Nesse ano, quando se fundou o Club Gymnastico Velocipédico Figueirense – a designação inicial do Ginásio Clube Figueirense, já havia uma tradição desportiva na pequena cidade.

FUNDADO EM 1984 Clube Náutico da Figueira da Foz

O Clube Náutico da Figueira da Foz foi fundado em 1984 por um grupo de entusiastas dos desportos náuticos, como resposta à necessidade de uma estrutura de apoio às suas actividades.

FUNDADO EM 1997 Clube do Mar de Coimbra

Fundado em 1997 com apoio da Fundação dos Oceanos, o Clube do Mar de Coimbra – Associação para o Desenvolvimento da Vela, reiniciou actividades em 2006, desenvolvendo grande esforço no ensino e prática da vela desportiva em toda a Região Centro.

Terminal de Carga Geral

Localizado na zona mais a jusante do porto. Terminal com 462m de comprimento, 5 postos de acostagem para navios com 90 m comprimento e fundos à cota - 5 m ZH.
Capacidade de receção de navios até cerca de 4.500GT.

Terminal de Granéis Sólidos

Localizado a montante do Terminal de Carga Geral com 180 m de cais acostáveis, acrescentando-se o cais e ligação ao Terminal de Carga Geral, totalizando 420 m de comprimento acostável, com fundos a -7,00 m ZH (-8,00 m ZH na zona do cais de ligação).
Oferece um total de utilização potencial de 3.200 m2 de área de armazenagem coberta e 7.250 m2 de área de armazenagem a descoberto a poente da Ponte Edgar Cardoso.

Terminal de Receção de Produtos Betuminosos

Licenciado à empresa Asfalcentro, SA, destina-se à movimentação de granéis líquidos (tipo betuminosos ou combustíveis)
Localiza-se na área de expansão do Porto, a montante da futura Portaria, possui 4 tanques de armazenagem com 1.600 m3 de capacidade cada, 1 cais acostável com dois duques-de-alba, para navios até cerca de 6.500 DWT, 100 m de comprimento e 6,5 m de calado máximo.

Doca dos Bacalhoeiros

Situada na zona norte do porto com uma área molhada de 19.800 m2 onde se encontram instaladas as atividades pesca e construção e reparação naval, nomeadamente as seguintes empresas:
• Estaleiros Navais do Mondego
• Companhia Portuguesa de Trabalho Portuário
• Empresa Figueirense de Pesca

Porto de Pesca Costeira

O Porto de Pesca fica situado no troço final da confluência do braço sul do Rio Mondego com o Canal principal. O Porto encontra-se subdividido em zonas de atividade diferenciadas.

Marina de Recreio

A Marina de Recreio situa-se na margem direita do rio em local nobre da cidade. Esta doca está vocacionada para apoio à Náutica de Recreio e aos serviços marítimos do porto. O Sector de Recreio serve uma frota de embarcações predominantemente local com comprimentos até 20 metros, acolhendo eventualmente embarcações de passagem que ficam estacionadas no cais de serviço, e dispõe de fundos até -4,00 mtrs ZH.

VISITE O NOSSO CANAL Porto da Figueira da Foz no YOUTUBE

O Porto da Figueira da Foz marca presença no YOUTUBE. Pode acompanhar-nos no endereço http://www.youtube.com/user/portofigueiradafoz, aproveitando para subscrever o canal, ficando assim a par das novidades.

Núcleo Museológico do Sal da Figueira da Foz

O Núcleo Museológico do Sal da Figueira da Foz fica em Armazéns de Lavos, inserido na Salina Municipal do Corredor da Cobra, adquirida, em 2000, pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, que a retirou do abandono. Aos visitantes é dada a oportunidade de conhecer o centro interpretativo e a salina, mas não só.

FIGUEIRA DA FOZ (1930-1960) Apontamentos sobre o turismo balnear

Trindade Coelho permite-nos descobrir os pioneiros da vilegiatura figueirense entre o grosso dos elementos da Academia coimbrã, dando nota de que esta constituía a base da elite social que acorre à praia figueirense, referindo que “os rapazes que frequentavam a Universidade costumavam passar na Figueira, à volta das férias grandes, os primeiros quinze dias do mês de Outubro.”

Newsletter: Subscrever | Newsletter: Cancelar | Política de Privacidade

feed
mapa